Pular para o conteúdo principal

FUNDAÇÃO APERAM ACESITA CELEBRA 30 ANOS

Por Sem Comentários4 min de leitura

Aproximadamente 3 milhões de pessoas foram alcançadas com projetos de promoção social, cidadania e direitos humanos, qualificação profissional, meio ambiente, educação e cultura

 

Três décadas dedicadas ao desenvolvimento sustentável que também podem ser traduzidas em tempo de transformação e boas histórias para contar. A Fundação Aperam Acesita celebra 30 anos de existência nesta sexta-feira, 14 de junho, com uma história orientada pela premissa de proporcionar oportunidades de crescimento para pessoas e comunidades, por meio ações efetivas, nas regiões da Aperam South America e da Aperam BioEnergia.

Durante este mês, quem passar pela Alameda 31 de outubro, no Centro Norte de Timóteo, poderá contemplar a iluminação especial do casarão amarelo, antiga Casa de Hóspedes da Acesita, que abriga o Centro Cultural da Fundação Aperam. E pelo Instagram, será possível acessar e publicar vídeos com um filtro comemorativo. O link do filtro está disponível nas redes sociais @fundacaoaperam.

Presença

Ao longo dos 30 anos, todo o trabalho da Fundação Aperam foi norteado pelas áreas de promoção social e desenvolvimento comunitário, cidadania e direitos humanos, capacitação e qualificação profissional, inclusão e diversidade, meio ambiente, educação e cultura, no Vale do Aço e no Vale do Jequitinhonha.

“Construímos uma história marcada pelo compromisso de fazer a diferença na vida das pessoas. A cada dia, investimos mais nas comunidades, impulsionamos formas de trabalho descobrindo e valorizando os talentos, proporcionamos projetos de educação e preservação do meio ambiente. Colhemos mais do que resultados, mas histórias de pessoas que nos dão muito orgulho. Para nós isso é contribuir com desenvolvimento local e sustentável das localidades onde estão concentradas as operações das empresas”, detalha Venilson Vitorino, presidente da Fundação Aperam Acesita.

Francisco Azevedo, presidente da então Fundação Acesita entre 1994 e 2000 revela que a instituição já nasceu grande. “Imediatamente após sua criação, foram implementados programas e projetos em todas as áreas de atuação. É muito gratificante constatar que a atual gestão da Aperam e sua diretoria, compreendendo a importância da função social da Fundação para a comunidade, têm dado todo o apoio necessário ao seu funcionamento. Graças a esse apoio, a Fundação pode expandir sua atuação para outros municípios onde a empresa está presente, ampliando ainda mais seu impacto positivo”, expõe o ex-presidente.

Além dos números

Aproximadamente 3 milhões de pessoas foram beneficiadas com as iniciativas da Fundação Aperam Acesita, no Vale do Aço e no Vale do Jequitinhonha, somando mais de 50 comunidades em oito municípios. Mas os frutos das ações cultivadas ao longo de 30 anos superam os números.

Júlio César Jacques Lana, fundador da ONG Ajudôu conta que a Fundação Aperam incentiva o desenvolvimento desde o início das atividades. “A Fundação Aperam Acesita sempre foi uma referência para mim. Tive a oportunidade de participar de vários momentos, através de cursos, treinamentos, debates e palestras do terceiro setor. Sempre tivemos o apoio para o desenvolvimento do Ajudôu e aprendemos que mais importante que dar o peixe é ensinar a pescar. Isso me marcou muito e me motivou a estudar e aprender os caminhos para a sustentabilidade do Ajudôu, que começou em Timóteo, expandiu para diversas regiões, incluindo o Vale do Jequitinhonha, e hoje é uma referência no país”, detalha.

Há mais de 10 anos, o Centro Social Mali Martin, em Itamarandiba, também tem a Fundação Aperam Acesita como parceira para alavancar projetos voltados para crianças e adolescentes do município, segundo Ernani Geovani de Sousa, diretor da instituição. “Os editais lançados pela Fundação são oportunidades únicas para que a nossa instituição inscreva projetos e amplie o atendimento. Também recebemos recursos indicados pela Aperam por meio do Fundo para Infância e Adolescência (FIA) e as capacitações aperfeiçoa nossa equipe. É gratificante ver a Fundação Aperam completar 30 anos, trabalhando com seriedade para fortalecer a região”, conclui o diretor.

 

 

Compartilhe:

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.