Pular para o conteúdo principal

USIMINAS INVESTIU R$2,5 BILHÕES EM AÇÕES AMBIENTAIS EM 5 ANOS

Por Sem Comentários2 min de leitura

A Usiminas destinou R$ 2,5 bilhões, entre 2019 e 2023, em investimentos e grandes manutenções com foco em equipamentos ambientais no Centro Industrial de Ipatinga. Foram aportes crescentes a cada ano com foco principal na redução das emissões de particulados do processo de produção, o conhecido “pó preto”.

Nesses últimos cinco anos, foram quase R$ 500 milhões aplicados em novos equipamentos (Capex) e R$ 2 bilhões em despesas operacionais, que incluem grandes reparos (Opex). A Usiminas instalou canhões de névoa nos pátios de matéria-prima, implantou a Central de Monitoramento Ambiental, implementou – de forma pioneira no Brasil – a Rede Automática de Monitoramento de Partículas (Ramp), medidores de vazão nas chaminés e promoveu reformas de grandes equipamentos como sistemas de despoeiramento, filtros de manga, preciptadores eletrostáticos, entre outros.

Somente em 2023 foram R$ 755 milhões para as ações ambientais, o maior montante dos últimos anos. Entre os destaques dos investimentos no último ano, dentro da reforma da Aciaria 2, estão a substituição dos sistemas de despoeiramento primário e secundário e a implantação de novas tecnologias para aumentar a eficácia do sistema de limpeza de gases do processo que evita emissões de particulados, assim como a substituição dos lavadores de gases existentes na área de Redução.

“Nosso compromisso é de sermos bons vizinhos e reduzir a contribuição da Usiminas quanto ao pó que chega nos bairros próximos. Neste sentido, sabemos que ainda há um importante caminho a percorrer, por isso intensificamos os investimentos a cada ano em diferentes frentes,” reforça Lucas Lima, diretor de Segurança do Trabalho, Processo e Meio Ambiente da Usiminas.

Compartilhe:

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.