Pular para o conteúdo principal

SEMANA DA ENFERMAGEM UMA HOMENAGEM AOS PROFISSIONAIS QUE DEDICAM SUAS VIDAS AO CUIDADO E A PROMOCÃO D SAÚDE

Por Sem Comentários4 min de leitura

A data visa homenagear e refletir sobre a importância dos mais de 3 milhões de profissionais que compõem essa nobre categoria no Brasil

 

Comemorada entre os dias 12 e 18 de maio, a Semana da Enfermagem busca homenagear e refletir sobre o valor inestimável dos profissionais que dedicam suas vidas à enfermagem, desempenhando um papel vital na promoção, gestão e assistência à saúde.

De acordo com dados do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), no Brasil existem mais de 3 milhões de profissionais que compõem essa nobre categoria, entre auxiliares, técnicos e enfermeiros.

O enfermeiro, reconhecido como um elo indispensável nas equipes de saúde, tem papel fundamental no tratamento dos pacientes. Sua empatia, humanização e cuidado não apenas garantem a segurança e o bem-estar como também promovem a esperança no ambiente hospitalar.

Como destaca Emmanuel Gomes Correa, gerente corporativo de enfermagem do Hospital Márcio Cunha, a enfermagem transcende a mera atenção física, abraçando também a saúde mental e o bem-estar emocional dos pacientes. “A desestabilização de quem está na condição de vulnerabilidade é real e natural, então precisamos entender e estabelecer planos de cuidado que contemplam a recuperação dessa autoestima, da confiança, no restabelecimento da saúde ou no processo de aceitação. A humanização é o ponto de partida” afirma.

Crie uma fala que complemente esse parágrafo abordando como a capacitação profissional e a humanização são importantes para que os pacientes sejam bem cuidados:

Com uma abordagem centrada no atendimento humanizado, a Fundação São Francisco Xavier conta com o apoio dedicado dos profissionais de enfermagem para implementar iniciativas que fortalecem o vínculo com os pacientes. “A combinação de competência técnica, sensibilidade e empatia dos profissionais da enfermagem da Fundação São Francisco Xavier é o que garante que os pacientes se sintam verdadeiramente cuidados. Entendemos que a qualidade do cuidado vai além dos procedimentos médicos, é sobre cultivar uma conexão com aqueles que confiam em nós para cuidar da sua saúde e bem-estar”, afirma Luciana Soares Costa gerente do Hospital Municipal Carlos Chagas.

Reconhecimento e capacitação

Reconhecendo a essencial contribuição dos profissionais de enfermagem na promoção da saúde e no cuidado aos pacientes, a FSFX celebra e valoriza o empenho desses profissionais por meio da implementação de programas de capacitação e saúde voltados para eles.

Ao se juntarem à equipe, todos os profissionais de enfermagem passam por um processo de aprimoramento conduzido pela equipe de educação permanente que identifica as necessidades de treinamento e elabora um calendário anual de atividades para garantir que os profissionais estejam sempre atualizados e preparados para os desafios do cotidiano.

Os programas de capacitação da FSFX são cuidadosamente desenhados para capacitar a equipe de enfermagem para a lidar com as diversas situações encontradas em sua prática diária. Além dos aspectos técnicos, são oferecidos treinamentos focados no desenvolvimento de habilidades comportamentais e interpessoais, visando uma preparação integral das equipes.

Emmanuel destaca a relevância desses programas de capacitação: “O profissional que recebe um treinamento abrangente sente-se mais confiante em sua atuação e reconhece o valor desse investimento. Isso se traduz em segurança e em melhores resultados assistenciais para nossos pacientes, refletindo o compromisso da enfermagem com a excelência no cuidado.”

Sobre a Fundação São Francisco Xavier

Criada há 54 anos, a Fundação São Francisco Xavier é uma entidade beneficente de assistência social, reconhecida pelo Ministério da Saúde. Presente em cinco estados brasileiros e com mais de 5.500 colaboradores, a FSFX administra duas unidades hospitalares, o Hospital Márcio Cunha (HMC) em Ipatinga (MG), e o Hospital Carlos Chagas (HMCC) Itabira (MG). Com uma gestão marcada pela responsabilidade, pela oferta de atendimentos de excelência e pelas melhores práticas de segurança, as unidades hospitalares contabilizam mais de 70% de seus atendimentos feitos a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Compartilhe: