Pular para o conteúdo principal

PROJETO RECOMPONDO A APRENDIZAGEM PARA APROVAÇÃO

A alfabetização de alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental de duas escolas municipais de Timóteo ganhou reforço do projeto “Recompondo a Aprendizagem II”, desenvolvido pela Fundação Aperam Acesita por meio de parceria firmada com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timóteo (CMDCA) e da Secretaria Municipal de Educação de Timóteo.

 

A iniciativa beneficia 80 alunos, com idade entre 6 e 10 anos, das escolas municipais Ana Moura e Virgínia de Souza Reis. Em um espaço de atendimento personalizado em cada uma das escolas, os alunos contam com o apoio de uma equipe de profissionais com perfil alfabetizador, visando impulsionar o processo de ensino e aprendizagem para o alcance das habilidades não consolidadas conforme o período escolar e idade do aluno.

 

Motivação

Margareth Furtado dos Santos, avó de Hugo Henrique Gustavo Santos Lima, de 11 anos, aluno do  5º ano da Escola Municipal Virgínia Souza Reis, revela que o projeto foi uma oportunidade incrível para o seu neto recuperar o aprendizado. “Ele estava com dificuldade de ler, de interpretar e calcular. Hoje, ele está indo muito bem na escola e eu vejo nele alegria, vontade e garra para estudar mais”, declarou. “Tá sendo ótimo para mim e para todas as crianças participantes. Obrigado por tudo!”, completou Hugo.

 

A professora Rafaela Luz Araújo Ferreira leciona para crianças do 1º e do 5º ano, na Escola Municipal  Ana Moura. Segundo a educadora, na volta às aulas após a pandemia as crianças estavam desmotivadas e não acompanhavam a continuidade dos conteúdos em sala de aula.  “A pandemia interrompeu uma fase muito importante. Com o projeto Recompondo a Aprendizagem, observo maior interesse dos alunos em participar das aulas, melhoria na aprendizagem, demonstrando mais independência para fazer as atividades. É muito gratificante ver o desempenho deles e ver a alegria que eles sentem ao vencer as dificuldades”, comentou.

 

Prática

Os alunos têm aulas duas vezes por semana, com professor alfabetizador. Os educadores são orientados por um consultor especializado em alfabetização, para auxiliar no processo de alfabetização, conforme o desempenho dos alunos. Durante o projeto, os estudantes passam por avaliações formativas mensais.

 

Além do trabalho realizado em sala de aula, os alunos e seus familiares terão a oportunidade de participar em atividades externas. Com o intuito de unir cada vez mais famílias e escolas, o projeto Recompondo a Aprendizagem vai realizar visitas no Centro de Educação Ambiental da Aperam – Oikós e no Teatro da Fundação Aperam Acesita.

 

Compartilhe:

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.