Pular para o conteúdo principal

OFICINA NEGÓCIOS CRIATIVOS DESTACA EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO DO VALE DO AÇO

Por Sem Comentários3 min de leitura

Encontro on-line e gratuito marcou o Dia Mundial do Turismo, como parte da programação da Mostra Cultural do CTMAM

Iniciativas que movimentam a Economia Criativa na região do Vale do Aço foram tema da Oficina Negócios Criativos’, realizada na tarde desta terça-feira (27/09), pelo Circuito Turístico Mata Atlântica de Minas (CTMAM). O encontro marcou o Dia Mundial do Turismo e é parte do calendário de eventos do projeto Mostra Cultural do CTMAM, promovido com recursos da Lei Aldir Blanc. O projeto também está contemplando eventos nos 18 municípios associados à Instância de Governança Regional.

 

Conduzida pelo turismólogo, gestor cultural, consultor e assessor do CTMAM, Bruno Minafra, a oficina contou com a presença do presidente do CTMAM, Hélio Anício, da conselheira estadual de cultura Daiany Durães, além dos convidados que compartilharam suas experiências durante o evento on-line.

 

A arquiteta e produtora cultural Joana O. Gonçalves, da Arquitetura OG, que promove o projeto Artesanato Feito em Casa, abriu a oficina detalhando projetos que fomentam a cadeia produtiva do turismo regional. “Acredito na identidade cultural como chave para desenvolver territórios. Conhecer patrimônios das nossas localidades e produtos ajuda a dotar esses atrativos de significado. A rede de artesãos do Artesanato Feito em Casa,  acredito que seja das maiores do Leste de Minas, tem o objetivo de contribuir com esse resgate”, detalhou Joana.

 

O ator, apresentador, conselheiro estadual de cultura e gestor cultural  da Casa Cult, Michel Ferrabbiamo, destacou projetos culturais que produz em diversas cidades de Minas Gerais, em especial a Feira do Doce Mineiro e o Paraíso Gastronômico, de Santana do Paraíso. “Um festival gastronômico gera recursos, negócios e benefícios que vão além do que foi investido. De fato, impulsiona a economia criativa e é uma forma de o empreendedor ampliar o negócio, se capacitar e desenvolver, pois buscamos sempre o aperfeiçoamento para receber visitantes durante os eventos, e ainda dá visibilidade ao produto ofertado”, enumerou Michel.

 

Há 40 anos atuando como produtora cultural e diretora de produção, Solange Maria, da Agência OZ, também foi convidada da Oficina Negócios Criativos. A produtora gerencia os eventos Miss Teen Minas Gerais, Mister & Misses Vale do Aço e Miss & Mister Teen Minas Gerais Internacional, além de campanhas publicitárias e aulas de preparação de modelos. “O mercado tem dificuldade de reconhecer a moda como segmento da economia criativa. Os  eventos de beleza movimentam toda cadeia produtiva do turismo. É a partir deles que descobrimos talentos da moda que fazem carreira em diversos países”, frisou Solange.

 

Representando o Sindcomércio Vale do Aço, a gerente de projetos Ricássia Perdigão atua em parcerias e eventos fazendo a interlocução junto ao Sesc-MG e Senac-MG. “O Sistema S e a Fecomércio atuam em diversos segmentos da economia criativa com capacitações e cursos de aperfeiçoamento antes da realização de festivais gastronômicos, por exemplo, que auxiliam o desenvolvimento dos participantes de toda cadeia”, concluiu Ricássia. 

 

Compartilhe: