ROTA DO CICLOTURISMO RECEBE APOIO DOS PREFEITOS DOS MUNICÍPIOS DO PERCURSO

Image_not_found
  • Data

    08/11/2021

Realizado pelo Circuito Turístico Mata Atlântica de Minas, com o apoio do Projeto Turismo no Vale e Sebrae Minas, Rota terá 200 km de percurso com empreendimentos mapeados

Mais uma etapa foi avançada pelo “Projeto da Rota de Cicloturismo do Vale do Aço”. Representantes do Circuito Turístico Mata Atlântica de Minas (CTMAM) e do Sebrae Minas apresentaram o diagnóstico do projeto aos prefeitos dos municípios que integram o percurso de quase 200 km. Incluem a rota trechos de Timóteo, Marliéria, Dionísio, São Domingos do Prata, Antônio Dias e do Parque Estadual do Rio Doce. A Rota de Cicloturismo é realizada pelo CTMAM, em parceria com o Sebrae Minas e o Projeto Turismo no Vale.

O projeto envolve um mapeamento do percurso com paradas para os ciclistas, incluindo hospedagem, restaurantes, atrativos turísticos, que vai beneficiar empreendimentos ligados à cadeia do turismo, potenciais empreendedores, artesãos, entidades empresariais e órgãos de desenvolvimento. O mapeamento foi realizado, inicialmente, com a parceria dos grupos de pedal da região, Lobos Origens MTB, Pedal Fabri e Trilhas e Rumos Timóteo. Já o desenvolvimento do diagnóstico foi realizado pelo consultor Leo Ivo, do Clube de Cicloturismo do Brasil.

Investimentos

Durante as reuniões realizadas, entre agosto e outubro deste ano, o projeto da Rota do Cicloturismo recebeu apoio do prefeito de Timóteo, Douglas Willkys, e do vice-prefeito da cidade José Vespasiano Cassemiro; do prefeito de São Domingos do Prata, Fernando Rolla, juntamente com o vice-prefeito Edimar Martins; do prefeito de Antônio Dias, Ditinho; do prefeito de Marliéria, Hamilton Lima, e do prefeito de Dionísio, Nando de Chiquito Trajano.

Segundo o presidente do CTMAM, Hélio Anício, com o apoio dos prefeitos a Rota de Cicloturismo terá condições de ser implementada. “É fundamental que o poder público e os empreendimentos locais estejam engajados com o projeto de desenvolvimento da Rota. A diretoria do CTMAM tem conduzido o projeto com empenho para os avanços desse projeto”, reforça Hélio.

De acordo com o analista do Sebrae Minas - Regional Vale do Aço, Alessandro Challub, a previsão é que a Rota de Cicloturismo esteja pronta para a primeira volta teste no segundo semestre de 2022. “Os cinco prefeitos foram muito receptivos. Agora, caberá às prefeituras implantarem a sinalização dos trechos de seus municípios e participarem ativamente da conscientização e sensibilização dos empreendimentos que incluem os atrativos da rota. Em breve, será apresentada a marca do roteiro turístico”, declara Alessandro.

Em dezembro de 2020, a Rota de Cicloturismo recebeu investimentos do CTMAM para contratação de agência para o desenvolvimento da identidade visual, sinalização e planejamento de marketing para as ações de divulgação do roteiro. O processo de contratação da agência foi feito por meio do Sebrae Minas.

FONTE: Divulgação

COMPARTILHE